16.7.14

Conheça os simbolismos de Ganesha



 
Ganesha photo 5fp07n_zpsba47f56e.png



Conheça os simbolismos e a história de Ganesha

por Claudette Grazziotin - clau.graz@terra.com.br

De accordo com uma de suas lendas, Ganesha foi criado a partir de uma pasta de sândalo e açafrão que a deusa Parvati (sua mãe e esposa de Shiva) tirou do próprio corpo. Ele foi designado para guardar as portas do santuário materno e só aceitava as ordens de Parvati. Certo dia, o deus hindu Shiva decidiu entrar, mas o menino não permitiu sua entrada.

Em um acesso de fúria e sem nenhuma piedade, Shiva usou seu poderoso tridente e separou a cabeça do menino do corpo. Arrependido e vendo Parvati muito triste, Shiva concedeu uma bênção à Ganesha: um elefante real foi decapitado e a cabeça do animal foi colocada no pescoço do filho que voltou a vida.

Assim, Ganesha se tornou uma criança especial com uma cabeça de elefante, designado a partir de então como "O Senhor que remove todos os obstáculos".

Ganesha simboliza a sabedoria, inteligência, amor, fertilidade e prosperidade. É o primeiro a ser invocado nas cerimônias para garantir o sucesso em qualquer empreendimento. Ele destrói todos os obstáculos materiais e espirituais.

Em algumas imagens, ele aparece com quatro braços e às vezes montado sobre um rato.

Na tradição tântrica, a tromba de Ganesha lembra o linga (órgão sexual masculino) e a boca, a yoni (órgão sexual feminino). A força graciosa do deus elefante representa o vasto poder da energia sexual. Ele também é chamado de OmKara, ou "aquele que tem a forma do Om".

Os indianos dedicam à Ganesha o dia 9 de setembro para homenageá-lo (é feriado na Índia e as festividades duram uma semana).

O simbolismo de Ganesha

Cabeça: sabedoria, inteligência, ponderação; a importância dos pensamentos grandiosos. Na sua testa, o tridente de Shiva simboliza força em relação ao tempo-espaço;

Orelhas: concedem o poder para ouvir a verdade espiritual (e também o menor ruído, o que funciona como proteção;

Olhos: concentração;

Presa: indica sua vida dupla: metade humana, metade animal. Isso ajuda a superar qualquer dificuldade;

Boca: fale pouco e com sabedoria;

Barriga: proeminente, expressa os bons e maus momentos que todos passam na vida, mas, de modo geral, representa a prosperidade;

Mão esquerda: segura uma corda - faz com que atraia seus objetivos;

Mão direita: palma visível (simboliza a proteção suprema) ou pode segurar uma machadinha (símbolo da destruição dos desejos);

Pernas: esteja no mundo, mas não se deixe corromper por ele;

Tromba: símbolo da eficiência e adaptabilidade (e da fertilidade);

Rato: astúcia e a força de vontade (para controlar os desejos);

Para evocar Ganesha

Cores: amarelo, laranja, vermelho
Dia da semana: quarta-feira
Oferendas: arroz, frutas, goiabada, mel, queijo (moedas e flores)

Monica Buonfiglio